Você se relaciona bem com o seu corpo?


Muitas vezes somos reféns de modos pré-determinados de agir e viver, estereótipos carregados e também de padrões, dizendo o que é mais adequado, mais aceito ou “mais bonito” e tudo aquilo que estiver fora ou for diferente, é visto de forma preconceituosa e hostil. Isso acaba gerando uma pressão enorme, uma determinação que nem sempre todos querem e/ou podem cumprir.


Separe um papel e uma caneta e faça essa reflexão:

Você já parou para se questionar como você se relaciona com o seu corpo?

O que é legal, bonito, interessante funcional para VOCÊ?