Ansiedade de desempenho: Saiba o que fazer


A ansiedade de desempenho refere-se a expectativas exageradas – e na maior do tempo negativas – em relação a si mesmo, ocasionando pensamentos disfuncionais relacionados ao desempenho e principalmente ao fracasso.


Esse tipo de ansiedade aparece em questões específicas como, por exemplo, falar em público, realização de testes e provas, responder questões oralmente em sala de aula, realização de atividades físicas, entre outros.

SINTOMAS


Físicos: Respiração ofegante, sudorese, tremores, tensão muscular, dor de cabeça. Psicológicos: Preocupação excessiva, catastrofização (pensamento no pior, pensamentos focados no erro), dificuldade de concentração. Comportamentais: Procrastinação, evitamento da situação, isolamento, perfeccionismo.



O QUE FAZER?


Você conseguiu identificar se possui ansiedade de desempenho? Caso sim, há algumas ações que você pode tomar:


- É importante desafiar esses pensamentos. Quais são as evidências de que esse pensamento é verdadeiro? E quais evidências você tem de que esse pensamento é falso? - Coloque na balança. O que te diz mais? - Sempre que se sentir pressionado. Pergunte a si mesmo: É melhor tentar e falhar ou nunca tentar? - Se você fizer o seu melhor, não há motivos para duvidar da sua capacidade. - Lembrar que a atividade em si não determina todo seu valor, é apenas uma atividade.


Além disso, você pode:

- Desenvolver um plano de ação (metas) para lidar melhor com as emoções e situações preocupantes. - Reavaliar os pensamentos constantemente. - Se distrair (focar em coisas que te façam bem). - Alterar o método de estudo (caso perceba que o método atual não é tão bom).


E caso essas atitudes ainda não sejam o suficiente, busque ajuda especializada, procure psicoterapia, entre em contato!!!